Mais de R$ 5 bilhões em mercadorias passaram pelo Galeão até junho

O terminal de cargas do aeroporto internacional do Rio de Janeiro (GIG) movimentou R$ 5,4 bilhões em mercadorias no primeiro semestre de 2023.

O valor está 164,7% acima dos níveis pré-pandemia (primeiro semestre de 2019). Se comparado com o mesmo período de 2022, o resultado foi 14% maior. Houve também uma redução de 20% no tempo de permanência de cargas no terminal, o que, segundo a concessionária RIOgaleão, reflete uma série de iniciativas desenvolvidas pela empresa.

Os três segmentos de mercado que mais se destacam dentre a movimentação de carga aérea no local são os setores farmacêutico, petróleo e gás e aerospacial. Juntos, eles respondem atualmente por mais de 60% dos valores das cargas importadas.

“O desempenho operacional do RIOgaleão Cargo é uma das principais frentes do aeroporto. (…) Hoje, o Terminal de Cargas é responsável por receber entre 20 e 25% das cargas que entram no Rio de Janeiro, considerando todos os portos e aeroportos do estado”, disse Patrick Fehring, Diretor de Negócios Aéreos do RIOgaleão.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *