REVISTA ASAS

AVIÕES, AEROMODELISMO, ESPORTES, DRONES, E NOTÍCIAS

Sem categoria

Desenvolve SP: veja como solicitar crédito para expandir seu negócio

Estimular o empreendedorismo e o crescimento regional sustentável no estado de São Paulo são diretrizes do trabalho conduzido ao longo de 15 anos pela Desenvolve SP, agência de fomento vinculada à Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Como não visa o lucro e se preocupa com o investimento inteligente e a democratização do crédito, a instituição financeira oferece financiamentos com taxas e condições competitivas aos micro, pequenos e médios empreendedores paulistas.

Por se tratar de dinheiro público destinado a impulsionar o desenvolvimento, há algumas exigências legais. O empreendedor que busca investir em seu negócio ou que precisa de um fôlego financeiro deve seguir um passo a passo para ter o financiamento aprovado.

Conversamos com o superintendente de Negócios da agência, Luca Seeder Iacona, que explicou de forma objetiva o processo de solicitação de crédito:

Reportagem – Quais os primeiros passos que os micros, pequenos ou médios empreendedores devem dar para conseguir crédito da Desenvolve SP?

Luca Iacona – Primeiramente o empresário tem que saber qual é a finalidade do recurso que ele busca. Nós temos cinco grandes pilares: capital de giro (que é para pagar o salário dos empregados ou pagar os fornecedores, por exemplo); temos linha para financiamento para aquisição de máquinas e equipamentos; linhas para projetos de expansão e financiamentos; linhas de economia verde e as linhas de inovação. O segundo passo é entrar no site da Desenvolve SP, acessar o campo “empresas”, ver os detalhes de cada linha de crédito e entrar no “guia do financiamento”, área em que ele pode visualizar o que fazer para ter sua proposta submetida à nossa análise.

Reportagem – Quais os pré-requisitos para estar apto a iniciar o processo de solicitação de crédito?

Luca Iacona – Para as linha de capital de giro e máquinas e equipamentos o empresário não pode ser pré-operacional, ou seja, ele precisa ter ao menos 12 meses de faturamento não intermitente. Para as outras três vertentes, o empresário pode ser pré-operacional ou pode já ter faturamento. Quem é Microempreendedor Individual (MEI) não consegue acessar nosso crédito. Um MEI tem faturamento anual de até 81 mil reais e, neste caso, o empreendedor deve procurar o Banco do Povo Paulista (BPP). Conseguem acessar as linhas da Desenvolve os empresários que têm CNPJ enquadrado no Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido.

Reportagem – E em relação a documentos?

Luca Iacona – Para garantir a elegibilidade, é necessário atender algumas exigências documentais. A empresa não pode possuir nenhum apontamento no Cadin estadual, deve estar com sua situação regularizada no Serasa e possuir a Certidão Negativa de Débitos (CND). A CND é um documento essencial que atesta a ausência de débitos ou pendências financeiras, previdenciárias ou tributárias. [Clique aqui para entender o que é a CND].

É importante ressaltar que, mesmo para aqueles que realizaram parcelamentos de impostos, desde que estejam em dia com os pagamentos, o acesso ao crédito da Desenvolve SP é viável. Caso haja atrasos nos pagamentos, é necessário entrar em contato com o órgão responsável, regularizar a situação e, então, será possível acessar o nosso crédito. Outro requisito relevante é a ausência de apontamentos no Certificado de Regularidade do FGTS, o CRF. Por fim, embora haja indicações de licenciamento ambiental em nosso site, é importante destacar que existem casos de isenção desse licenciamento para determinados empresários.”

Reportagem – Como é feita a análise da proposta do cliente?

Luca Iacona – O cliente entra no site da Desenvolve, faz um cadastro inicial no qual vai fornecer alguns detalhes, como o contrato social da empresa. Indica quem são os sócios da empresa, qual é o CNAE de atuação. E isso é importante, porque alguns CNAEs não são aceitos em razão de normas do Banco Central e regras da Desenvolve SP. Uma vez que o empresário faz esse preenchimento do pedido, a área de Negócios é notificada, tudo isso via sistema, e a partir daí nós entramos em contato com o cliente. Após esse contato inicial, em que nós vamos entender a necessidade do empreendedor, vamos ver se a linha está enquadrada com a finalidade.

Eventualmente já negociando a garantia, o cliente recebe um link com um formulário, no qual ele vai inserir todas as informações necessárias. Ele coloca o contrato social em anexo, o balanço, os faturamentos mais recentes etc. Com estas informações, a área de Estruturação da Desenvolve SP faz toda a pré-análise e vai descobrir qual é o rating do empresário e saber todas as condições de crédito que podem ser oferecidas. Feito isso, um dos responsáveis pela área de Estruturação entra em contato com o interessado e apresenta todas as possibilidades e opções. Evoluindo, esses documentos vão para as áreas de Crédito e de Apoio e, na sequência, partimos para a emissão e assinatura do contrato.

Reportagem – Em relação à liberação do crédito, qual o tempo estimado?

Luca Iacona – Isso é muito importante o empresário saber. No geral, o mais rápido é o capital de giro. Por exemplo, no caso do capital de giro/crédito digital, que é para as empresas que faturaram até R$ 300 mil nos últimos 12 meses e de forma não intermitente, fica em torno de cinco dias úteis. Se for capital de giro julgamental, que é para empresas com faturamento acima de R$ 300 mil, ou capital de giro BNDES Automático, que é para empresas que faturam de R$ 4,8 milhões até R$ 90 milhões, o prazo já fica entre 15 e 45 dias úteis. Se for crédito para aquisição de algumas máquinas e equipamentos, esse prazo é de 45 a 90 dias. Já projetos que envolvem obras civis, construções que precisam de medições, estudo de engenharia, aí o prazo fica de 90 a 180 dias. O que pedimos para o empreendedor é que antes que ele submeta a proposta de financiamento, acesse o guia de financiamento e já separe toda a documentação que a Desenvolve SP vai pedir.

Desenvolve Explica

Ao celebrar 15 anos de existência em março deste ano, a Desenvolve SP lançou o “Desenvolve SP Explica”. A página inicial do site traz uma série de vídeos explicativos com respostas aos principais questionamentos recebidos nos canais de comunicação da agência. Com duração média de três minutos, os tutoriais têm uma linguagem simples, direta e objetiva. Confira os vídeos da playlist temática clicando aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *