Passageira é presa após agredir comissária em Confins

Uma passageira com sinais de embriaguez foi presa após agredir uma comissária de um Embraer E195 (PR-AYK) da Azul Linhas Aéreas, no início da tarde de hoje (15), no aeroporto internacional de Belo Horizonte (CNF), em Confins.

Um avião da Azul que estava prestes a decolar do Aeroporto de Confins com destino a Congonhas (SP) ficou mais de uma hora parado na pista após uma mulher agredir uma comissária e “causar um alvoroço” na aeronave, segundo relato de testemunhas.

— O Tempo (@otempo)

A confusão aconteceu minutos antes da aeronave iniciar o voo AD5008, que seguiria para o aeroporto de Congonhas (CGH), em São Paulo. Segundo a Polícia Federal, que interveio no caso, ela passará por avaliação psiquiátrica e depois, será encaminhada para a Superintendência da PF na capital mineira.

“A Azul informa que o voo AD 5008 precisou retornar para o aeroporto de Confins, para desembarcar uma cliente indisciplinada que apresentava sinais de embriaguez, chegando, inclusive, a agredir uma comissária. A Polícia Federal foi prontamente acionada para conter e conduzir a cliente após o desembarque. A companhia está prestando toda a assistência à tripulante e lamenta eventuais aborrecimentos ocorridos aos demais clientes e ressalta que medidas como essas são necessárias para conferir a segurança de suas operações”, de acordo com a companhia aérea, em nota.

O voo, que deveria partir às 12h55 (Brasília), decolou somente por volta das 14h20.

Este é o segundo caso de brasileiro detido ao provocar confusão dentro de aeronave, somente esta semana. Na última terça-feira (12), um homem foi preso depois de também agredir uma comissária em um voo da Delta Air Lines, que seguia de São Paulo (GRU) para Nova York (JFK), nos Estados Unidos.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *