MiG-29 ucraniano abateu Sukhoi Su-35 russo em combate aéreo

Um MiG-29 ucraniano abateu Sukhoi Su-35 russo durante um raro caso de combate aéreo (dogfight) na guerra da Ucrânia. O Comando da Força Aérea da Ucrânia publicou uma nota afirmando que um de seus MiG-29 derrubou um moderno Su-35 que estava naquele momento perseguindo outro avião ucraniano.

Today, May 27, at about 2 pm, a MiG-29 fighter of shot down a Su-35 fighter in the sky of region, which was hunting for assault aircraft.🇺🇦 Glory to Ukrainian pilots!Death to the occupiers!

— Ukrainian Air Force (@KpsZSU)

O canal do Telegram Hu @ ovyi Kherson publicou imagens do que seria o combate ar-ar entre os aviões, mas não foram postados, até o momento, vídeo ou fotos dos destroços do Su-35. Também não há informações sobre o estado do piloto russo.

Dogfight entre MiG-29 e Su-35Supostas imagens do ‘dogfight’ entre um MiG-29 e um Su-35 – Hu @ ovyi Kherson

Caso de fato tenha ocorrido o abate de um Su-35 por um MiG-29, isso significaria mais uma perda de um dos mais avançados caças russos na guerra. Outro destaque é registrar a derrota de um caça mais avançado como o modelo russo por um avião obsoleto, de geração anterior e com praticamente nenhum tipo de atualização realizada.

As baixas de aeronaves de Moscou são consideráveis, incluindo os também tecnológicos Su-34 Fullback e os veteranos Su-25, além de vários helicópteros. é possível ver o número atualizado de abates de ambos os lados.

A força aérea ucraniana tem atuado com maior sucesso no conflito com os russos depois que as forças de Moscou concentraram suas missões a leste, na região de Donbas. Porém, as capacidades da força aérea permanecem bastante limitadas, com poucas aeronaves efetivamente em combate.

Inclusive os já obsoletos caças Su-27 Flanker e Su-24 ucranianos foram em ataques contra posições militares russas.

O fornecimento de mais caças para a Ucrânia ainda é uma incógnita, alguns já afirmam que Kiev recebeu alguns caças Su-25 e MiG-29, mas não existe nenhuma uma confirmação oficial de tal fato.

  • Receba as notícias de AERO diretamente das nossas redes sociais 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *